Angeli está resfriado…

Na verdade, Angeli vive resfriado. Pelo menos para colaborar com projetos.

Explico. “Frank Sinatra está resfriado” é um artigo do jornalista Gay Talese, publicado 1966, considerado um dos melhores perfis do artista e tido como cânone do ‘new journalism’. Talese, um dos mais cultuados jornalistas do mundo pela qualidade do seu texto se viu diante de uma situação comum aos jornalistas: a revista Esquire sugeriu um perfil de Frank Sinatra. Talese rejeitou. O editor acertou uma entrevista e Talese viajou para Los Angeles para o encontro e a entrevista com Sinatra. Foram seis semanas em que o jornalista acompanhou o cantor em seus eventos, mas a prometida entrevista nunca aconteceu.

O que diferencia o texto de Gay Talese foi exatamente o brilhantismo como descreveu a situação, cuja desculpa sempre era a gripe do cantor. Assim, conversou com pessoas que trabalhavam ou circulavam em volta do cantor e escreveu um artigo que marcou a história do jornalismo. Esta é a única solução para quem também deseja uma entrevista com o cartunista Angeli. Não importa sua idade, sua importância, o quanto chore ou stalkeie: ele vai te fazer sofrer.

Assim como Sinatra, acho Angeli um puta artista, digno das mais incríveis pesquisas referentes ao seu trabalho. Dá até pra dizer entender a posição do cara: deve ser chato toda hora ser perseguido por esses pirralhos metidos a ‘futuros jornalistas’. O problema é que não é geracional: não importa se for mestrado, doutorado ou professor na área: ele não vai conversar com você. Como Sinatra, Angeli pode ser descrito apenas por depoimentos a seu respeito ou entrevistas antigas. É capaz de grandes gestos de generosidade e de inesperados atos de mau-humor, seus amigos o adoram e os fãs são fascinados enquanto ele se esconde em sua cara fechada.

É diferente da Laerte, sempre prestativa, ou de Paulo ou Chico Caruso, que embora tenham caras igualmente fechadas e voz de narrador de filme de terror, são amores em pessoa. Assim, Angeli cria o mito do artista ácido que não conversa com ninguém. Mas vou te contar uma coisa: conheço artistas demais para cair nessa. Aposto que é apenas um cordeiro na pele de Lobo Mau e, se um dia ele chegar a ler este texto, faço aqui o desafio: prove-me que estou errada. Porque se for para entrevistar Angeli, sou capaz de fazer canja e ainda passar na farmácia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s